top of page
Sobre mim

Formado em Design (Bacharelado) pelo Centro Universitário Sagrado Coração (UNISAGRADO), Murilo Ramos Guarnieri atua na área de Design e Artes Visuais desde 2014. Como educador, palestrou no Centro de Ressocialização em Jaú e no UNISAGRADO, abordando temas como arte urbana, hip hop, pixação e cultura brasileira. Como artista visual, participou do projeto responsável pela revitalização da Escadaria da Santo Antônio em Jaú, através de um edital do governo do estado de São Paulo com foco no incentivo à arte urbana, também realizou intervenções em escolas públicas, eventos independentes e pelas ruas. Realizou trabalhos comerciais em alguns estados do Brasil, como Goiás, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e São Paulo.

Atualmente é residente da cidade de Itapuí, interior do estado de São Paulo.

Gosto de viajar e percorrer por diversos estilos e técnicas, porém o graffiti é algo que me desperta uma necessidade profunda de viver para a arte e para a cultura.

A arte está presente na minha vida desde pequeno, lembro de rabiscar as paredes da minha casa com canetões que “emprestava” escondido da minha mãe (talvez por isso que a minha paixão por graffiti seja tão grande!) e meus cadernos escolares sempre foram repletos de rabiscos, cores e personagens.

A minha ligação com a cultura skateboard, que acima de tudo é um estilo de vida, me revelou caminhos que até hoje fazem parte do meu cotidiano, o interesse por design gráfico, fotografia, artes visuais e graffiti, vieram através das vivências do skate. O skate me trouxe uma outra visão sobre a rua, sobre a sociedade e como funciona a engrenagem do sistema. A cultura skateboard está diretamente ligada ao Hip Hop e pelo fato de serem culturas há muito tempo marginalizadas, é uma necessidade afirmar que na verdade elas representam uma ferramenta de transformação social e política.

Enxergo a arte como uma forma de explorar o mundo, no sentido não colonial da palavra, junto dela, vivencio as experiências e as relações da vida e transmito meus pensamentos e reflexões diárias. A arte é o meu combustível e através dela quero colaborar para a construção de uma sociedade mais justa, igualitária, respeitando sempre a natureza, quem veio antes e todos que vivem ao meu redor, afinal já dizia Sabotage: “Respeito é pra quem tem!”.

  • Instagram
  • Facebook
IMG_0316.jpg
bottom of page